Google, Uber e o Futuro do nosso transporte

Bem interessante este artigo que analisa os perigos que empresas como o Uber enfrentam por ter um modelo de negócio com pouca ou nenhuma defesa contra a concorrência.

Essa é uma parte interessante…

Mas o que me chamou atenção foi a perspectiva, com a entrada de veículo que dirigem a si mesmos (que vamos combinar, vai acontecer somente nos Estados Unidos, Ásia e Europa nos próximos 20 anos) que empresas como o Uber vão ter problemas sérios.

Na minha visão a mudança de serem empresas que não são donas de nada para terem que ter uma frota de veículos autônomos, causa uma disrupção perigosa. Pelo menos para eles.

Do outro lado, gigantes como Google, Tesla e as montadoras (olha elas ai, voltando a vida) podem tomar de assalto esse mercado.

Um comentário nesse post levanta a bola e eu entro na onda e pergunto:

“E se o Google criar uma frota de carros como Androids?”

Imagine o Android sendo o sistema operacional por trás de 98% do mercado, rodando open-source, baseado em ads por exemplo? Ou micro-pagamentos?

Estou viajando? A Apple e o Steve Jobs também podem ter pensado isso no lançamento do Android, mas tomaram uma volta que nunca mais vão esquecer.

O que você acha?

Formado em Publicidade e Propaganda com 20 anos de experiência em Criação e Gestão de conteúdo digital. Pesquisador da semântica e dados conectados.